Uma Visão Brasileira do Vale do Silício


Dois dias (ou décadas) no Vale do Silício

Era um domingo em 1991 quando recebi uma ligação. “Quer ir morar na California?”. Em 92 me mudei de São Paulo, onde nasci e cresci, para o Vale do Silício. Vim para ajudar a construir a Cyclades (uma empresa brasileira que se tornou global), com a idéia de passar dois ou três anos nos EUA. Duas décadas depois ainda moro lá (estou escrevendo esse post de Campinas-SP, durante uma viagem de negócios).

Tenho escrito muito a respeito de Mídias Sociais, Marketing e Tecnologia, mas sempre em inglês. Nas últimas semanas, depois de ter sido listado como um dos “50 brasileiros todo empresário deve seguir em Twitter” me conectei com bastante gente no Brasil e resolvi começar a publicar em Português também.

Então além de @Marcio_Saito (temas usuais: Social Media, Marketing, Tecnologia, Montanhismo, em Inglês), vou tuitar em @Marcio_SaitoBR usando hashtag #diretodovale com foco na conexão Vale do Silício – Brasil.

Esse é o meu post inaugural, então decidi falar um pouco do Vale do Silício. Não as histórias tradicionais de “empresários de sucesso”, mas uma visão mais pessoal de um brasileiro morando no dito cujo a tanto tempo.

Onde fica esse tal de Vale do Silício?

O Silicon Valley cobre a área ao sul da Bahia de San Francisco. O nome vem de Silício, a matéria-prima para os chips que iniciaram a revolução digital, mas hoje e associado a tecnologia em geral (ainda normalmente relacionado a computação, mas também incluindo biotecnologia e “green”). Cobre várias cidades parte da região da “Bay Area”, incluindo San Jose (Cisco), Santa Clara (Intel), Cupertino (Apple), Mountain View, Palo Alto (Google, Facebook), Redwood City (Oracle). No mapa acima, mas ou menos desde San Mateo na península até Fremont no lado leste da Bahia.

O coração do Vale do Silício é a cidade de San José, que tem cerca de 1 milhão de habitantes e fica 70km (uma hora de carro) da mais famosa, mas menor, San Francisco.

Como as pessoas vivem no Vale do Silício?

A vida é suburbana. São várias cidades emendadas. As pessoas vivem em casas térreas e as áreas residenciais são espalhadas com ruas largas. Algumas “freeways” cruzam a região (101 na peninsula, entre San Jose e San Francisco, 237 no Sul, e a 880 de San Jose a Berkeley no lado Leste da Bahia).

Uma das maiores surpresas quando cheguei aqui e fui para um shopping: o burburinho não era em inglês. Demograficamente, os americanos são minoria no vale. A maior parte da população é formada por imigrantes de outros paises: México, Índia, China, Vietnam, Filipinas, etc. Viver no vale é um exercício de diversidade e tolerância, com gente do mundo inteiro. Essa experiência é visível na variedade de restaurantes, arquitetura, vestuário, etc.

Ninguém sabe o tamanho exato da comunidade brasileira na área por que ela inclui imigrantes sem documentação e imigrantes transitórios que vão para ficar por tempo limitado. Mas existe uma comunidade emergente de brasileiros ligados a Universidade de Stanford e a tecnologia do Vale do Silício.

Em business, a cultura é anti-mainstream e casual. Não se usa gravata. Não é incomum encontrar gente de chinelo de dedo no escritório.

Por que a tradição em tecnologia?

É difícil de isolar um motivo para o sucesso sustentado do vale na área de tecnologia. Tem a ver com a diversidade (gente do mundo inteiro vem ao vale para “dar certo”), as Universidades (Stanford em Palo Alto, UC em Berkeley, etc), o eco-sistema (venture capitalists, empreendedores, mão-de-obra qualificada, infraestrutura).

E tem terremoto mesmo? É verdade que nunca chove?

Tem dezenas de tremores pequenos todo dia. O Vale do Silício é cortado de norte a sul no lado da peninsula pela San Andrea fault e no lado leste pelas Hayward e Calaveras faults, as linhas de deslocamento da crosta terrestre, onde a placa do Pacífico está sendo empurrada para baixo da America do Norte. Em San Jose, uma vez por mês você sente um tremor (de magnitude 4) em algum lugar perto. O último terremoto grande (6+) foi em 1989 (Loma Prieta).

Então, eu que moro no Vale do Silício desde 1992, ainda não peguei “the big one”. Para ver e acreditar: Mapa de terremotos na California essa semana.

Entre Abril e Outubro, as pessoas marcam casamentos ao ar aberto sem se preocupar muito pois chove muito pouco. No inverno chove e a temperatura chega próximo de zero. No verão chega a 40C, mas o ar é muito seco então a sensação de frio ou calor é menos extrema que em São Paulo.

Dois dias no Vale do Silício

Se você resolver me visitar e tiver dois dias para visitar o vale, aqui estão algumas sugestões:

Palo Alto e Universidade de Stanford – University Ave, saída da Hwy 101. Visite a garagem onde começou a HP e o campus da universidade berço de várias das empresas do vale (visite a maior coleção de esculturas do Rodin fora da França, incluindo “O Pensador”).

GooglePlex – Arrume alguém conhecido que trabalhe na Google em Mountain View e seja convidado para almoçar lá. Você vai notar o ambiente desestruturado e informal e a cultura empresarial dominante no Vale do Silício. Se não conseguir ser convidado, almoce no Calafia em Palo Alto, o restaurante do primeiro “chef” contratado pela Google para cozinhar para os funcionários, uma amostra da perpectiva Californiana da cozinha (organicos, locais, ingredientes frescos).

Vinícolas de Santa Cruz Mountains – Quem pensa em vinho Californiano normalmente pensa em Napa e Sonoma, que são regiões vinícolas de renome internacional. O que pouca gente sabe é que a região vinícola de Santa Cruz Mountains é mais acessível e tem vinícolas tão interessantes e produzindo os melhores Pinot Noirs. Como as vinícolas são pequenas, os vinhos não são encontrados e outros lugares.

Santana Row  Santana Row é o equivalente local da Rodeo Drive em Los Angeles. É onde estão as lojas das marcas de luxo, em um “open air shopping mall”. Aproveite para visitar o showroom da Tesla (carros elétrica). Em um final de semana, jante no Straits Cafe (um restaurante com preços moderados e cozinha de Cingapura). Depois das 10, o restaurante vira night club e você vê uma amostra da diversidade do vale vestida para caçar.

Museus de Tecnologia – Para mim, um museu de tecnologia é um paradoxo. Mas tem várias opções. O mais interessante é o Tech Museum no centro de San Jose que tem atrações para crianças e marmanjos. Museus mais focados: Intel Technology Museum em Santa Clara mais focado em chips e silício e o Computer History Museum em Mountain View.

Empresas de tecnologia – O melhor é conhecer alguém que tenha acesso, mas dá para pegar um pouco do ar simplesmente passando pelas empresas. Dirija pela 101, 237 e você vai todos os nomes em tecnologia: Oracle, Yahoo!, Google, Intel, Cisco, …

Restaurantes Brasileiros – Se ficar mais tempo e sentir saudade. Não tem muito não, reflexo da comunidade pequena. Churrascarias viraram moda nos EUA nos últimos anos. A melhor é a “Espetus” em Burlingame. Para comida mais caseira no vale do silício, a gente vai no “Senzala” em Mountain View.

Quando vier, me avise. Terei prazer em oferecer dicas adicionais. Até então conecte comigo em @Marcio_SaitoBR e acompanhe o hashtag #diretodovale.

Advertisements

58 thoughts on “Uma Visão Brasileira do Vale do Silício

  1. Olá Marcio
    Parabéns pelo Blog e cheio de assuntos pertinentes.
    Minha pergunta é sobre comunicaçao. Envie meu numero de celular uma amiga de San Jisé neste
    Formato +55 11 9XXXXXX86 porém ela não está conseguindo me contactar. Vc pode dizer o que está errado.
    Obrigada e mais uma vez parabéns.
    Claudia
    SaobPaulo

  2. Olá Marcio
    Parabens pelo Blog e cheio de assuntos pertinentes.
    Minha pergunta é sobre comunicaçao. Envie meu numero de celular uma amiga de San Jisé neste
    Formato +55 11 9XXXXXX86 porém ela nia esta conseguindo me contactar. Vc pode estar errado.
    Obrigada e mais ima vez parabéns.
    Claudia
    SaobPaulo

  3. Boa noite marcio, estou indo para San Jose e queria saber se é possível estudar inglês nesta cidade, pois não encontro nenhuma agência de intercâmbio para San Jose.
    Obrigado desde já

  4. Olá! Estou acompanhando o meu esposo que está trabalhando na Plug and Play. Estamos com dificuldade em alugar casa ou apto, pois normalmente precisa ficar um ano e só ficaremos 2 meses e meio. Tem alguma sugestão? Obrigada pelas dicas!

    1. Nao tem receita , precisa encontrar alguem que face short-term rental.

      Sugestoes:

      – Veja Airbnb e negocie com proprietario
      – considered hotels “extended stay” (procure via Google e Veja coupons/promo codes)
      – se conecte a “brasileiras do vale” no FB e veja posts no website.

  5. Simply desire to say your article is as astonishing.

    The clarity in your post is simply nice and i could assume you’re an expert on this subject.
    Well with your permission allow me to grab your RSS feed
    to keep updated with forthcoming post. Thanks a million and please keep up the enjoyable work.

  6. ola marcio,parabéns e obrigado pela ajuda !!!
    estou começando um contato com a mvla mas tenho muito receio quanto ao custo de vida tenho um filho com 17 anos e uma filha de 9 voce teria uma noção de um bom salario para ter uma vida confortavel ( uma casa alugada,um carro e uma condiçao de passeios )

  7. Oi Marcio,

    Adorei a sua matéria sobre o Vale do Silício e as opções de lugares para conhecer por aí. No momento tenho pesquisado muito sobre o local pois estou querendo fazer um dos cursos de Continuing Studies Program da Universidade de Stanford. Irei passar quase dois meses ai nesse programa e gostaria de aproveitar para aprimorar o inglês também. Você poderia me indicar escolas de inglês legais perto de Stanford? Já procurei aqui no google, sendo que a maioria parece ser escola da própria comunidade, tipo escolas com professores voluntários, algo do tipo. Queria algo mais profissional, se puder ajudar, agradeço muito.

    1. Cecília: Eu também faço cursos no Continuing Studies de Stanford. Como eu foco em empreendedorismo, não sei muitos detalhes sobre escolas de inglês. Faça uma busca de “escolas de inglês” em http://acontecenovale.com.   Depois, se tiver dúvidas, pergunte para a Waldana através do próprio site. Ela sabe de tudo sobre escolas de inglês e normalmente responde rápido. Boa sorte, Marcio.

      1. Olá Marcio, boa noite!

        O que você acha dos cursos no Continuing Studies da Stanford? Tenho planos de ir para a Califórnia no começo do próximo ano para fazer cursos na área de Inovação, Big Data e IoT. Pelo que vi, eles não exigem nenhum certificado de fluência. Meu inglês é bom, mas não tenho certificado.
        Existe alguma outra instituição na região (mesmo que não seja universidade) que ofereça cursos na área de tecnologia que você recomendaria?

        Obrigada!

        Abraços
        Isabella Gomes

  8. Olá Marcio,
    Primeiramente quero parabenizá-lo pelo espaço e serviço prestado no seu site.
    Eu pretendo ficar 1 semana no Vale do Silício, no mês de Agosto/2015.
    Durante esse período eu gostaria de visitar o GooglePlex, Museus de Tecnologia e Empresas de tecnologia. Existe algum serviço de apoio ou empresa que faz esse roteiro para brasileiros?
    Gostaria também de assistir algumas palestras, participar de algum evento ou até mesmo me inscrever em um curso rápido de 1 dia sobre startups, design thinking, design estratégico, entre outros. Você teria alguma dica ou poderia me auxiliar me indicando onde posso encontrar mais informações?
    Muito Obrigado.

    1. Marcelo: Programas como o da Silicon House ( siliconhouse.us) normalmente exigem que você venha em datas determinadas, como parte de um grupo. Veja dicas nos artigos do blog (diretodovale.com). Os museus, basta visitar quando estiver aqui. Visitas nas empresas, o mais fácil é encontrar alguém que trabalhe lá e eles podem te convidar para almoçar/visitar (ative sua rede com Linkedin). Eventos, palestras, meetups, veja meetup.com e procure “Palo Alto” nos dias da sua visita. Marcio.   ——————–Marcio Saitohttp://marciosaito.com

      WordPress.com | | | Respond to this comment by replying above this line |

      | | |

      | New comment on MarcioSaito.com | |

      | | | Marcelo Falco commented on Uma Visão Brasileira do Vale do Silício Dois dias (ou décadas) no Vale do SilícioEra um domingo em 1991 quando recebi uma ligação. “Quer ir morar na … Olá Marcio, Primeiramente quero parabenizá-lo pelo espaço e serviço prestado no seu site. Eu pretendo ficar 1 semana no Vale do Silício, no mês de Agosto/2015. Durante esse período eu gostaria de visitar o GooglePlex, Museus de Tecnologia e Empresas de tecnologia. Existe algum serviço de apoio ou empresa que faz esse roteiro para brasileiros? Gostaria também de assistir algumas palestras, participar de algum evento ou até mesmo me inscrever em um curso rápido de 1 dia sobre startups, design thinking, design estratégico, entre outros. Você teria alguma dica ou poderia me auxiliar me indicando onde posso encontrar mais informações? Muito Obrigado. View Comment  Trash | Mark as Spam |

      |

      | More information about Marcelo Falco IP: 186.220.182.158, badcb69e.virtua.com.br E-mail: mfalco@gmail.com URL: Whois: http://whois.arin.net/rest/ip/186.220.182.158 |

      | |

      |

      |

      | Thanks for flying with WordPress.com |

      |

  9. Bom dia Marcio. Muito bom seu blog, com diversas informações pertinentes…

    Vou para San José em Março de 2015 para a realização de uma prova de certificação. A hospedagem escolhida fica próximo ao aeroporto SJC e terei de estar na empresa bem cedo (Tasman Drive). Um amigo meu, que esteve recentemente aí, disse que a melhor opção seria alugar um carro, opção a qual não gostaria de escolher, visto que ficarei apenas 2 dias na cidade. Você acredita que para este deslocamento (hotel proximo ao aeroporto SJC e Tasman Drive), com horário marcado eu poderei encontrar problemas com o serviço de Taxi local? Você teria alguma dica adicional? Grato; Julio

    1. Julio: O hotel e a Tasman são proximos, mas não dá para andar. Olhe direito no mapa, pois tem uma linha de lightrail (bonde) e talvez dê para usar. Mas a verdade é que a Califórnia foi projetada para andar de carro. (Eu moro perto do aeroporto).

      Suas opções: (a) improvisar com lightrail, (B) alugar carro (de longe o mais conveniente, deve custar uns $150/2 dias), (c) taxi – eu uso United Cab 408-971-1111 (pode ligar no dia anterior e marcar), (d) usar Uber, que é o que o pessoal aqui faz hoje em dia.

  10. Ola Marcio, me chamo Angela, sou paraibana e estou no momento em Cupertino, amei sua materia sobre o local, embora antiga, fiquei muito feliz de saber algo a respeito atraves da sua visão, sou da area de Restaurante e ate me animei com a possibilidade de investir em comida brasileira por aqui, kkkk, se acontecer terei a honra de tê-lo como degustador. Um grande abraco seguido de gratidao.

  11. Obrigado, Marcio. Mais uma pergunta: Estando com um bom inglês, voce acredita ser fácil conseguir colocação na Area de TI como Desenvolvedor EBS (Oracle)?

    1. Se eu endendi a pergunta, a resposta é não. Não é facil conseguir uma colocação sem ter um visto de trabalho. (leia post sobre vistos para trabalhar na California em DiretoDoVale.com.

      1. Eu terei visto de trabalho que migrara do visto da minha esposa (sera o L1, se nao me engano). Mesmo assim ainda e dificil? Obrigado.

  12. Oi Marcio,
    Sou guia em Las Vegas, mas tenho clientes indo para ai e precisando de uma assistência; Então, gostaria de entrar em contato contigo, para ver se você pode nos ajudar de alguma forma. Por favor entre em contato por email (reservas@alexistours.info) ou me passe seu telefone para eu poder lhe ligar.
    Muito obrigada,

    1. Oi, Jessica…. Estudar ingles… me manda um email explicando melhor a sua situação (visto, tempo de estada, objetivo, etc). meu primeiro nome ponto meu sobrenome dot sbcglobal dot net

  13. Oi Marcio! Vi que você twittou sobre as 4 empresas selecionadas pela Pluga and Play. Meu noivo faz parte de uma delas e por isso iremos passar um tempo aí no Vale. Tenho mil dúvidas e queria muito algumas dicas.
    Aguardo seu retorno!

      1. Excelente! Estou tirando muitas dúvidas no seu blog! Segue uma pergunta que o Google não está me respondendo:
        Tem alguma escola em Sunnyvale ou proximidade que ofereça ESL de graça? Ou qualquer outro curso..? Não preciso receber certificado ao final… Como ele trabalhará durante o dia, quero me ocupar e aprender. Valeu!

      2. Olá márcio! Qual a sua página no facebook? Não tenho Twitter e quero te acompanhar. Obrigada!

    1. Olá Rafaella td bem? Vc está no vale? Tb estou indo com o meu marido mas em situação inversa, eu que vou trabalhar! Se vc tiver descoberto algo sobre os cursos de inglês ou outras dicas e puder compartilhar agradeço muito! Vamos fazer contato ok?! Obrigada!

      1. Olá Tifany Tudo bem? Meu caso será semelhante ao seu. Minha esposa vai trabalhar e eu Eu vou junto. Sou da Área de TI, mas preciso melhorar meu ingles antes de procurar algo para trabalhar. Preciso de um bom curso de Ingles. Voce ja tem as dicas? Marcio, parabéns pelo seu blog. Estamos aprendendo muito com ele. Abraços a todos. Obrigado.

  14. Olá Marcio
    pretendo levar um grupo para conhecer o Vale em 2014, você poderia me auxiliar com visitas as empresas de tecnologia?

    1. Tacia, tudo bem? Lendo o blog do Márcio achei a informação de que você irá levar um grupo de pessoas para visita o Vale em 2014. Em que época de 2014 você pretende ir? Existe vaga neste grupo?

  15. Olá Márcio.
    Meu passeio por aí foi ótimo. Tive a sorte de ser ciceroneado por um amigo que trabalha na Altera. Estivemos em Stanford num dia belíssimo. Depois circulamos. Gostei muito de Palo Alto, o centrinho e as ruas tranquilas em volta. Vimos a casa do Steve e a garagem dos Steves, além da sede da Apple. Parabéns, vc mora em um belo lugar. Como disse alguém “muitas indústrias, mas nenhum chaminé”.
    Não consegui tomar os vinhos desta região, mas depois fui a Yountville e gostei demais dos Zinfandel de lá.
    Abç

  16. Estive lá em Novembro de 2012 e faria um esforço grande para passar uma temporada morando lá, talvez uns dois anos. Na verdade, pretendo ir logo, só não sei bem ainda como.
    .

  17. Olá Marcio!
    Estou indo à Califórnia a partir de 05-02-13 e um dos passeios que vou fazer é mostrar pontos do Vale para meus dois filhos, principalmente a garagem do Steve e a sede do Google. Como gosto de vinhos, queria uma indicação tua sobre os vinhos de Santa Cruz Mountains. O dia em que terei mais tempo para passar em uma vinícola estarei fazendo o trajeto Santa Cruz-Gilroy-Yosemite. alguma dica de local onde eu possa comprar um bom Pinot neste trecho? Se vc gosta de Pinot, indico um da Zorzal, argentino. Muito bom.
    Abç

    Jacques

    1. Jacques:

      Para o tour do silicon valley, talvez isso seja util. https://marciosaito.com/2011/10/20/half-day-tour-of-silicon-valley-by-marcio-map-and-step-by-step-directions/

      Pinot Noir… Tem algumas vinicolas entre Santa Cruz e Gilroy, mas eu não saberia recomendar… Em Santa Cruz, procure o estate Pinot da McHenry (não é um Pinot típico, ele é bem leve e discreto, apenas se já tiver experimentado muitos Pinots). Entre San Jose e Santa Cruz (15 minutos da Hwy 17) tem duas vinícolas uma em frente da outra que tem Pinots muito bons e típicos da região. Byington (the nicest people and scenery) e David Bruce (the best wine). Uma visita saido de Santa Cruz vai levar em torno de 1.5 (se for apenas fazer o tasting rapidamente) a 3 horas (se incluir um picnic olhando as montanhas de Santa Cruz em Byington). Testarossa em Los Gatos é outra vinícola que tem vinhos bons e é uma visita interessante.

      Se for apenas para comprar os vinhos (sem necessariamente visitar as vinicolas), procure por Pinots com denominação “Santa Cruz Mountains” em wine shops ou wine bars. Eles são bem característicos da região e difíceis de encontrar em outros lugares.

      Para mais informações sobre vinícolas na região, veja http://scmwa.com.

      Anotado o Pinot Argentino.

      Marcio.

      1. Obrigado pelas dicas Marcio! Se enxergar um casal com 2 filhos, meio perdidos pelas ruas de San Jose, no dia 09-02, há grandes chances de sermos nós, tentando encontrar as atraçoes que vc indicou no post. rs

  18. Márcio,

    Primeiramente, parabéns pelo post e pelo site!

    Recentemente tive a honra e oportunidade de presenciar alguns eventos, em São Paulo e Rio de Janeiro, onde se encontravam figuras renomadas com foco em investimento para Startups.
    Meu email, segue no cadastro. Se possível, gostaria de conversar com você, pois tenho planos referentes ao Silicon Valley.

    Te add no Twitter.

    Obrigado pela atenção!

  19. Olá Márcio,
    Meu nome é Glaucius e estou com a missão de levar um grupo de estudantes de TI em novembro para fazer um tour pelo Vale. Seria fantástico, e mais seguro, contar com alguém daí para estar junto com o grupo. Não sei da tua disponibilidade, mas no caso de não poder estar junto, saberia indicar alguém?
    A idéia é ficar com a base em San Francisco e durante dois ou três dias fazer passeios pelo Vale conhecendo as gigantes (Google, Oracle, Intel e outras), os museus e Stanford.
    Um abraço e valeu o post!
    Glaucius

  20. Olá Márcio,

    Estou a pensar em ir para aí este ano, conhecer de perto a realidade do Vale do Silicio, conhecer pessoas inovadoras…enfim buscar ideias. Queria saber se podias me dar uma ajuda quanto a isso?

    Abraço,

    Célio

      1. Queria saber se é possível visitar os gigantes da tecnologia, poder interagir com eles, conhecer grupos de discussão…tenho ouvido falar (e pelas pesquisas na net), que aí o pessoal é muito empreendedor, a procura sempre de coisas novas, novos projectos….

  21. Marcio, estou indo em Março para San Jose. Vou ficar 6 meses.
    Gostaria de dicas sobre os passeios nas “gigantes de TI” e quem sabe, encontrar contigo e bater um papo, tomar um café…

    Te add no Twitter e Linkedin!

    Parabéns pelo blog!

  22. Marcio, excelente o seu site, parabens! Passarei todo o mes de janeiro em San Francisco, como trabalho com inovacao e design quero conhecer o maximo possivel de empresas e pessoas inovadoras, inclusive voce. Que roteiro no Vale voce recomenda?

  23. Parabens Marcio!! matéria muito interessante e de grande interesse de todos…. há algum tempo queria saber mais sobre a famosa Vale do Silicio….
    muito obrigada por compartilhar essas informaçoes !

    abraço,
    Vanessa

  24. Olá Marcio

    Achei seu blog por acaso no google. Estou indo morar na california com minha esposa para fazer um curso de ingles em San Francisco, queria ver se você tem algum site que eu possa pesquisar sobre preços de alugueis. E mais dicas para se morar. Agradeço a atenção.

  25. Parabéns pelo post! Pretendo no início do ano que vem visitar o Vale! 🙂 Quem sabe um dia também me mudo pra lá…

    Se puder fazer um post sobre as oportunidades de emprego para brasileiros seria muito interessante.
    Um abraço!

  26. Otimo artigo,

    Feliz de saber que esta visitando minha cidade.
    Uma de meus grandes desejos é conhecer e aprender com o Vale do Silicio, quem sabe ainda recebo uma ligação dessa .. \o/

    Abraços..

  27. Excelente artigo, Marcio

    Eu visitei o vale pela primeira vez em 87 e moro aqui desde 2000…o número de brasileiros aqui ainda eh pequeno, mas aumentou muito

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s